NOTÍCIA

Sistema S pode sofrer mais cortes para garantir recursos do Tesouro Nacional

A equipe do Governo Federal apresentou aos parlamentares recentemente, algumas propostas que visam reduzir as alíquotas correspondentes ao Sistema S, incidentes sobre a folha de pagamentos superiores à um salário mínimo vigente, diante de um incentivo atribuído ao Simples Nacional. O objetivo é desonerar o referido documento e garantir os recursos em caixa do Tesouro Nacional. Ao analisar os ‘S’, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem a intenção de propor uma redução diante do percentual de 40% incidente sobre os empreendimentos que efetuam a contribuição sobre cada remuneração acima do valor mínimo vigente. No caso daqueles que recebem até este valor [R$ 1.045,00], a contribuição poderia ser suspensa. Diante do atual planejamento de corte, a alíquota média seria reduzida de 2,5% para 1,5%, o que é maior que a facada prometida que era 30%. A atual gestão da equipe econômica tem defendido a medida em questão relativa aos recursos do Sistema S desde que houve a transição de Governo no ano de 2018.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn