NOTÍCIA

O impasse do auxílio 1

O impasse do auxílio 1 1

O impasse do auxílio emergencial

Para o começo de 2020 esperávamos uma queda do PIB em torno de 9%, que não ocorreu graças ao auxílio emergencial, que beneficiou quase 86 milhões de pessoas a um custo de R$ 320 bilhões. Com isto, segundo Roberto Dumas, professor de Economia do Insper, a economia fechou o ano com queda do PIB em torno de 4,5%. “Agora, o entrave é a falta de credibilidade do Estado e o teto de gastos que não pode ser furado. Se isso acontecer, sobem os juros, o risco fiscal aumenta e o nosso câmbio deprecia ainda mais”, adverte o professor. De acordo com Dumas, com um cenário assim, o preço dos alimentos aumentaria, prejudicando as classes mais baixas. “Portanto, é crucial observarmos os próximos passos em relação à extensão do auxílio emergencial. Muitos aspectos podem ser afetados”, alerta.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn