NOTÍCIA

Em erro político, Estados protestam contribuintes em plena pandemia e próximo ao Natal

Em erro político, Estados protestam contribuintes em plena pandemia e próximo ao Natal

Os Estados estão enviando aos Cartórios de Protesto, os débitos que vencem esse ano, das micro e pequenas empresas. As empresas com débito junto as secretarias de fazendas estaduais estão sendo prejudicadas, pois com a proximidade das festas de Natal, vão ficar sem crédito para as compras a prazo, e com isso as prateleiras ficarão vazias na época que o comercio mais vende no ano. Somada à ação do Estado com a pandemia, prevê-se que a situação financeira destas empresas ficará bastante obscura. Os Estados diferentemente da Receita Federal que suspendeu todos os tipos de cobrança em período de calamidade pública, vão pelo caminho inverso.

A assessora contábil do    SIMPI de Rondônia, Cleucione Alves de Souza, relata a indignação e diz que “os estados deveriam ir na mesma direção porque se já não está fácil para os empresários, ser negativado e protestado bem próximo as compras para o Natal a situação vai a piorar, até porque os fornecedores não vendem a quem está protestado”. E complementa, “neste final de ano o empresário está tendo que escolher entre pagar os funcionários, o fornecedor a vista ou os impostos”.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn