Caso Gravíssimo – Bancos em geral, negam crédito mesmo com aval do Tesouro Nacional

Bancos negam crédito
61 / 100 SEO Score

O levantamento, realizado pelo Datafolha, encomendada pelo SIMPI/ASSIMPI, mostra que apenas 4% conseguiram financiamento. As linhas com garantia do governo federal são o Pronampe, que usa recursos do Tesouro para garantir os empréstimos, e a linha para financiamento da folha de pagamento. e até o dia 25, só 14% das empresas afirmaram ter recebido comunicado da Receita. Segundo a pesquisa, o percentual de indústrias sem acesso ao crédito estava em 79% no final do mês passado, nível ainda alto, apesar da melhora em relação aos cerca de 90% verificados nos levantamentos realizados de abril até a primeira quinzena de junho. Até o momento, apenas o Banco do Brasil, a Caixa e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais estão operando a linha. A pesquisa mostra que 61% das empresas têm interesse na linha. Para o presidente da ASSIMPI/SIMPI SP, o fato de não haver instituições privadas operando a linha preocupa, pois as instituições públicas não têm condições de atender sozinhas a essa demanda. “Torcemos para que o sistema financeiro libere esses empréstimos e o dinheiro chegue na ponta. “Se o dinheiro não chegar rapidamente, os resultados serão muito ruins”. Ainda de acordo com a pesquisa, 35% das empresas já demitiram algum funcionário desde o início da crise causada pelo coronavírus, sendo que 21% demitiram mais de 30% do seu quadro de pessoal. Entre os entrevistados, 67% possui algum cliente ou fornecedor que faliu ou entrou em recuperação na crise atual. “Você tem 25% das empresas que, nos próximos 30 dias, se não chegar dinheiro na ponta, vão entrar com pedido de recuperação judicial ou falência. Se olhar para trás, somando recuperação e falência de clientes e fornecedores, está tendo uma quebra da cadeira produtiva”, afirmou Couri. Ver pesquisa completa: http://www.simpi.org.br/arquivos/6%C2%BA%20Boletim%20de%20Tend%C3%AAncias.pdf

Compartilhe: